Uso de Sistemas de Informação Geográfica na resolução da inadequação dos limites cartográficos da Área de Preservação Ambiental do Sana – Macaé, RJ

Autores

  • Carlos André Luz Jeronymo
  • José Augusto Ferreira da Silva
  • Kenny Tanizaki Fonseca

Palavras-chave:

Unidade de Conservação. Bacia Hidrográfica. Zoneamento Ambiental.

Resumo

A Área de Preservação Ambiental (APA) do Sana é uma Unidade de Conservação Municipal com terras privadas e públicas na área rural de Macaé. Sua região vem sendo densamente ocupada, em função do turismo e do avanço urbano. A APA tem um Plano de Manejo e um Zoneamento Ambiental que regula a conservação da natureza como uso sustentável dos recursos naturais na região. Como o Zoneamento Ambiental é a ferramenta de apoio, a decisão mais importante da APA foi realizada através deste estudo, numa avaliação da adequação cartográfica dos seus limites.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Carlos André Luz Jeronymo
    Bacharel em Ciências Biológicas pela UNIRIO, Mestrando em Engenharia Ambiental Profissional no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, IF Fluminense, campus Macaé, RJ - Brasil. Laboratório de Geomática e NUPERN.
  • José Augusto Ferreira da Silva
    Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Professor do Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia Fluminense, IF Fluminense, campus Macaé, RJ - Brasil. Laboratório de Geomática e NUPERN.
  • Kenny Tanizaki Fonseca
    Dr. em Geoquímica Ambiental pela Universidade Federal Fluminense, Professor da Universidade Federal Fluminense, campusPraia Vermelha, Departamento de Ciências Ambientais, Rio de Janeiro - Brasil.

Downloads

Publicado

24-07-2013

Edição

Seção

Artigos originais

Como Citar

Uso de Sistemas de Informação Geográfica na resolução da inadequação dos limites cartográficos da Área de Preservação Ambiental do Sana – Macaé, RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 73–91, 2013. Disponível em: https://editoraessentia.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/2177-4560.20120016.. Acesso em: 24 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)