Disputa entre falo e fala em A hora da estrela, de Clarice Lispector

Autores

  • Aída Maria Jorge Ribeiro Instituto Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.5935/1809-2667.20130031

Palavras-chave:

História, Corpo, Gênero, Literatura brasileira

Resumo

A dominação de gênero está nas formas do cotidiano. Em meio às nossas atividades mais triviais, a situação privilegiada do homem aparece como algo natural, desde o salário inferior concedido à mulher por trabalho igual a regras morais severas abrigadas atrás de “doces” normas que dizem o que convém ou não a uma “dama” ou a uma “moça de bem.” Este artigo pretende observar de que modo o corpo feminino está frequentemente associado a visões de imperfeição e subalternidade sociais, partindo da análise sobre a escolha da voz narrativa do livro A hora da estrela (1977), da escritora Clarice Lispector.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Aída Maria Jorge Ribeiro, Instituto Federal Fluminense
    Professora de Língua Portuguesa do Instituto Federal Fluminense - Campus Campos Guarus, Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: aida@iff.edu.br.

Referências

ALMEIDA, Suely S., SAFFIOTI, Heleieth I. B. Violência de gênero: poder e impotência. Rio de Janeiro: Revinter, 1995.

BADINTER, Elisabeth. Um amor conquistado: o mito do amor materno. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

BAKHTHIN, Mikhail. Marxismo e Filosofia da linguagem. São Paulo. Hucitec, 1997.

BORDO, Susan R. O corpo e a reprodução da feminidade: uma apropriação feminista de Foucault. In: JAGGAR, Alison; BORDO, Susan. Gênero, corpo, conhecimento. Rio de Janeiro: Rosa dos tempos, s/d.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

DALCASTAGNÈ, Regina. A personagem do romance brasileiro contemporâneo (1990-2004). Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, n. 26, 2005.

LISPECTOR, Clarice. A hora da estrela. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

MANNARELLI, Maria Emma. Medicina, sociedade e corpo feminino: Lima, 1900-1930. In: Costa, Albertina de Oliveira (Org.). Direitos tardios: saúde, sexualidade e reprodução na América Latina. São Paulo: Fundação Carlos Chagas: Editora 34, 1997.

PORTER, Roy. História do corpo. In: BURKE, Peter (Org.) A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Ed. da UNESP, 1992.

RANKE-HEINEMANN, Uta. Eunucos pelo reino de Deus: mulheres, sexualidade e Igreja católica. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1996.

SCOTT, Joan. História das mulheres. In: BURKE, Peter (Org.) A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Ed. da UNESP, 1992.

Downloads

Publicado

26-12-2013

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

RIBEIRO, Aída Maria Jorge. Disputa entre falo e fala em A hora da estrela, de Clarice Lispector. Revista Vértices, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 81–91, 2013. DOI: 10.5935/1809-2667.20130031. Disponível em: https://editoraessentia.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/1809-2667.20130031.. Acesso em: 15 jul. 2024.