A educação de jovens e adultos em hotelaria: um estudo sobre o curso técnico em hospedagem Proeja no Instituto Federal do Maranhão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19180/1809-2667.v26n12024.19861

Palavras-chave:

Proeja, hospedagem, IFMA

Resumo

Pretende-se com este trabalho identificar o perfil dos estudantes do Curso Proeja em Hospedagem do IFMA - Centro Histórico de São Luís - MA, para mapear as concepções dos alunos sobre o curso, durante o processo formativo, visando apresentar as principais demandas desse processo. Esta foi uma pesquisa qualitativa com suporte de elementos quantitativos. Foi aplicado um questionário no Google Forms, por ser um período de aulas remotas. A pesquisa revelou que, apesar dos avanços na Educação de Jovens e Adultos no Brasil e no Maranhão, ainda há muito o que fazer. Hoje, os estudantes ainda enfrentam e superam muitos problemas como conciliar o tempo de estudo com o trabalho e assistência aos seus familiares, (re) adaptação às atividades escolares de escrita e leitura. Mas há os pontos positivos como o despertar do sentimento de pertencimento da história de São Luís, a motivação para continuar os estudos e se inserir no mercado de trabalho, ou seja, há uma estímulo para o crescimento pessoal e profissional dos/das estudantes.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Jonilson Costa Correia, Universidade Federal do Maranhão, São Luís/MA
    Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Adjunto do Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal do Maranhão – São Luís/MA – Brasil. E-mail: jonilson.costa@ufma.br.
  • Dandara Catarina Pinheiro Costa
    Graduanda do Curso de Hotelaria da Universidade Federal do Maranhão – São Luís/MA – Brasil. E-mail: dandara.costa@discente.ufma.br.

Referências

ARANHA, A. V. S. Formação docente para a educação profissional: especificidades da área de saúde. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 17, n. 3, p. 131-148, 2008. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8610. Acesso em: 30 maio 2022.

ARROYO, M. G. Educação de jovens – adultos: um campo de direitos e de responsabilidade pública. In: SOARES, L. (org.). Diálogos na educação de jovens e adultos. São Paulo: Autêntica, 2005.

BATISTA, M. C.; OLIVEIRA, A. P. B. I.; RODRIGUES, J. A. A pesquisa qualitativa em questão. Serviço Social e Realidade, Franca, v. 11, n. 2, p. 9-17, 2002.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, 2002.

BRASIL. Casa Civil. Decreto no 5.478, de 24 de junho de 2005. Brasília, DF: Presidência da República, 2005a. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5478.htm. Acesso em: 20 maio 2022.

BRASIL. Decreto no 5.840, de 13 de julho de 2006. Institui, no âmbito federal, o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5840.htm. Acesso em: 20 maio 2022.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/96. Brasília, 20 dez. 1996. Disponível http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 20 maio 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Seção V: Educação para a educação de jovens e adultos. Brasil: MEC, 2005b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12907:legislacoes&catid=70:legislações. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Perguntas frequentes Proeja. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/proeja/perguntas-frequentes. Acesso em: 25 abr. 2022a.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Diretrizes Curriculares para Educação de Jovens e Adultos. Brasília, DF, 2000. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB012000.pdf. Acesso em: 20 maio 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Documento Base da Educação Profissional Técnica de nível médio integrada ao ensino médio. Brasília, DF: Presidência da República, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/documento_base.pdf. Acesso em: 3 abr. 2024.

BRASIL. Ministério da Educação. SETEC. Catálogo Nacional de Cursos Técnicos 2022. Brasília, 2022b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec-secretaria-de-educacao-profissional-e-tecnologica. Acesso em: maio 2022.

BRASIL. Portaria nº 2080, de 13 de junho de 2005. Brasília, 2005c. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf1/proejaportaria2080.pdf. Acesso em: 20 maio 2022.

CONSELHO MUNDIAL DE VIAGENS E TURISMO. Relatório de Impacto Econômico (EIR) de 2020. Disponível em: https://wttc.org/research/economic-impact. Acesso em: 10 jan. 2024.

COSTA, C. B. Uma história sonhada. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 17, n. 34, p. 52-65, 1997. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-01881997000200007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbh/. Acesso em: 22 maio 2022.

CUNHA, M. I. O professor universitário na transição de paradigmas. Araraquara: JM Editora, 1998.

DECLARAÇÃO de Hamburgo. In: CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE EDUCAÇÃO DE ADULTOS. Brasília: SESI/UNESCO, 1999.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (ed.). Handbook of qualitative research. Thousand Oaks: Sage, 1994.

FILHO, F. J. C. Vamos Dialogar Sobre a EJA? Monografia (Especialização) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás. 2009.

FONTOURA, M. M. Fico ou vou-me embora? In: NÓVOA, A. Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 1992.

FREIRE, P. Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 16. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. 10. ed. Rio de Janeiro: Record, 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios: síntese dos indicadores de 2021. Brasília: IBGE, 2021. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/2044-pesquisa-nacional-por-amostra-de-domicilios . Acesso em: 10 abr. 2024.

IFMA. Projeto Político Pedagógico do Curso Técnico em Hospedagem PROEJA: Campus São Luís – Centro Histórico. Portal IFMA, 2018. Disponível em: https://centrohistorico.ifma.edu.br/descricao-do-curso-tecnico-em-hospedagem-proeja/. Acesso em: 24 abr. 2022.

LABOV, W. Some Further Steps in Narrative Analysis. Journal of Narrative and Life History, v. 7, n. 1-4, p. 395-415, 1997. DOI: https://doi.org/10.1075/jnlh.7.49som. Disponível em: https://www.jbe-platform.com/content/journals/10.1075/jnlh.7.49som. Acesso em: 3 abr. 2024.

MACHADO, M. M.; RODRIGUES, M. E. C. A EJA na próxima década e prática pedagógica do docente. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 8, n. 15, p. 383-395, jul./dez. 2014.

MENEZES, P. D. L.; CAVALCANTI, D. R. Ensino superior e formação profissional em hotelaria: estudo de caso do Curso de Bacharelado em Hotelaria da UFPB. Revista Iberoamericana de Turismo- RITUR, Penedo, v. 10, n. 2, p. 19-35, nov. 2020. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/ritur/article/view/10216. Acesso em: 2 jun. 2022.

MIRANDA, P. V. et al. Possibilidades e desafios no PROEJA: um estudo de caso através de entrevistas com professores. Crítica Educativa, Sorocaba, SP, v. 3, n. 1, p. 85-100, jan./jun. 2017. DOI: https://doi.org/10.22476/revcted.v3i1.115. Disponível em: https://www.criticaeducativa.ufscar.br/index.php/criticaeducativa/article/view/115. Acesso em: 2 jun. 2022.

MORIN, E.; DELGADO DÍAZ, C. J. Reinventar a Educação: abrir caminhos para a metamorfose da humanidade. São Paulo: Palas Athena, 2016.

PAIS, J. M. Ganchos, tachas e biscates: jovens, trabalho e futuro. 2. ed. Lisboa: Âmbar, 2005.

PILEGGI, G. C. F.; MENDES, J. V.; GRAMANI, M. C. N.; THEOPHILO JUNIOR, R. Formação do Engenheiro de Produção: Participação Discente em Atividades Complementares. In: COBENGE, CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO DE ENGENHARIA, 33., 2005, Campina Grande, PB. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/343344948_FORMACAO_DO_ENGENHEIRO_DE_PRODUCAO_PARTICIPACAO_DISCENTE_EM_ATIVIDADES_COMPLEMENTARES. Acesso em: 7 jun. 2022.

RABELO, E. G.; TOMÉ, C. L. Casos e acasos – por que eles e elas persistem?: um estudo de caso na educação de jovens e adultos. DOI: https://doi.org/10.30681/reps.v1i1.8922. Eventos Pedagógicos, Mato Grosso, v. 1, n. 1, p. 29-37, 2010. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/reps/article/view/8922. Acesso em: 3 abr. 2024.

RIBEIRO, V. M. M. (Coord.). Educação para Jovens e Adultos. Ensino Fundamental – propostas curriculares para 1° segmento. São Paulo: Ação Educativa Brasileira/MEC, 2001.

SCHMIDT, A. I. T.; COUTO, M. P. DOM - EJA a distância: um projeto de aprendizagens e novas tecnologias na educação de jovens e adultos. EJA em Debate, Florianópolis, ano 2, n. 3, p. 143-151, dez. 2013. Disponível em: https://periodicos.ifsc.edu.br/index.php/EJA/article/view/1507. Acesso em: 3 abr. 2024.

SILVEIRA, O. Permanecer na escola: um estudo com jovens egressos do Projovem. Salvador: EDUFBA, 2014.

STRELHOW, T. B. Breve história sobre a educação de jovens e adultos no Brasil. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 10, n. 38, p. 49-59, 2012. DOI: https://doi.org/10.20396/rho.v10i38.8639689. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639689. Acesso em: 3 abr. 2024.

TOMÉ, A. C. A. Trabalho e/ou educação: história da educação profissional no Brasil. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 1, n. 2, 2012. DOI: https://doi.org/10.35819/tear.v1.n2.a1740. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/1740. Acesso em: 1 jun. 2022.

VALLE, M. C. A. A leitura literária de mulheres na EJA. Belo Horizonte: Faculdade de Educação da UFMG, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/BUOS-8SKQDF/1/a_leitura_literaria_de_mulheres_na_eja.pdf. Acesso em: 13 jan. 2024.

Downloads

Publicado

11-04-2024

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

CORREIA, Jonilson Costa; PINHEIRO COSTA, Dandara Catarina. A educação de jovens e adultos em hotelaria: um estudo sobre o curso técnico em hospedagem Proeja no Instituto Federal do Maranhão. Revista Vértices, [S. l.], v. 26, n. 1, p. e26119861, 2024. DOI: 10.19180/1809-2667.v26n12024.19861. Disponível em: https://editoraessentia.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/19861.. Acesso em: 24 maio. 2024.